quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

A Verdadeira Mudança

Para a verdadeira mudança acontecer é preciso identificar no que exatamente é inseguro e procurar mudar o que puder, tanto em sua aparência, como também em sua personalidade. Para mudar é preciso motivação e determinação. E nessa situação, se fazer de vítima, de coitadinho e alimentar o pessimismo só vai piorar as coisas. É preciso reconhecer que esse desejo é infantil e egoísta, e amadurecer. 

Só se muda com atitude, ficar chorando, se fazendo de coitado, o injustiçado pelo mundo, só vai te levar a alimentar esses pensamentos infantis, e a se sentir cada vez mais inferior e com os desejos cada vez mais fortes.Quem sofreu alguma perturbação no desenvolvimento da libido, escolhe o objeto de amor a partir de sua própria pessoa. Tudo indica que procuraram buscar a si mesmos como objetos de amor, escolha de um tipo que chamaria de narcisista. O Homossexualismo é um exemplo. 

É a insegurança que alimenta esses desejos e se quer matá-lo, é preciso cortá-lo pela raiz. Muitos querem mudar, mas não estão fazendo NADA pra mudar, só dizem: quero mudar mas não consigo, não quero isso pra mim, não queria sentir..., mas e aí, o que você tem feito pra mudar essa situação? 

Pra começar pare dizer pra si mesmo que é gay, ao se referir a isso diga apenas que sente "atração pelo mesmo sexo", o que você pensa de si mesmo tem bastante peso, procure não reforçar aspectos negativos.

O que preciso fazer pra me sentir mais seguro e confiante, como suprir minha carência paternal/maternal?

65 comentários:

Anônimo disse...

Isso é fato. Sabe, eu tive a minha primeira crise de identidade aos 13 anos, logo depois descobri esse mal e a partir daí comecei sentir me cada vez mais inferior aos outros garotos. É automatico, eles podem isso, eu nao, aquilo, eu nao e por aí vai... No fim me sinto um lixo, mas to trabalhando esse lado. Deus é fiel

Anônimo disse...

E muito dificil mesmo luta contra isso , a mente e forte mais a carne e ainda pior , ainda mais quando c ta sozinho na luta , eu sinceramente n sei mais q faser.

Anônimo disse...

A paz do senhor . eu sofro com isso desde quando nasci ,minha mae quando estava gravida de mim ,uma vez me disse que o propio santanas , veio até ela e disse, que eu ia ser Homossexual. E é nessa areá que eu sou tentado.
Quando eu tinha meus 5 anos eu fui abusado , pelo meu primo, e durante anos foi assim, até que um dia eu tomei uma atitude de buscar a Deus.

Só ha , uma opção e um caminho , que é , Jesus cristo , A palavra do senhor diz conhecerdes a verdade e a verdade, os libertará . se vc já é cristão e segue a cristo , se santifique-se mais , ore mais , jejue , mais . e assim vc vai deixando sua carne fraca e fortalece o espirito .

Anônimo disse...

é verdade,,, tenho 18 anos e nao aceito isso na minha vida,,, nao sei oq fazer,,, sinto falta de alguem q tenha esse mesmo problema pra conversa,,, me sinto melhor perto dos meus amigos q tem a mesma idade que eu mas nao confio neles pra me desabafar nao sei se eles tem esse mesmo problema,,, to desesperado nao sei oq fazer,,, sou de minas gerais

paulo sousa disse...

Devem sem duvida cortar com todo o material gay (internet, revistas, e meio social...), reprogramar a mente, ter atençao aos pensamentos k tem ao longo do dia e muda los (pesquisar na net) e investir em livros, e necessario fazer um trabalho interior mas com paz., fazer desporto ajuda a ter mais confiança e auto estima, e mudar o corpo que tem influencia sobre a mente, nao devem lutar contra alguma coisa, mas sim muda la, mudar os comportamentos, as atitudes, tudo esta no subconsciente,

paulo sousa disse...

A meditação ajuda no relaxamento e a acalmar a mente como focar se num objectivo, procuram tecnicas de relaxamento , e lembram se de focarem se sobre aquilo que querem nao sobre o k nao querem , nao digam "eu nao quero ser gay digam eu sou heterosexual",mesmo que nao o sintam falam de frente aos espelhos TODOS OS DIAS façam afirmaçoes positivas, o subconsciente precisa de uma nova messagem , voces tem estado a bombardea lo muito com a situaçao da homosexualidade, a mudança leva algum tempo,

paulo sousa disse...

Os pensamentos sao inevitaveis , mas podem ser alterados eu lembro me a algum tempo atras de andar a navegar em sites gays , e chats, logo os meus pensamentos ficavam afectados, pensava muita mais em homens do que hoje em dia, mudei a minha atitude e comportamentos sexuais, ja nao me relaciono com homens a 2 anos e meio, nem tenho essa vontade entendi que se sofremos com isso e porque temos que mudar, tem que haver uma tomada de consciência, e ter a plena convicção que voce nao nasceu assim mas se tornou assim, o caminho e dificil,mas o caminho mais dificil é sempre o melhor, pensa na sua liberdade , a escolha e sua, nao vale a pena contar com a sociedade em geral pois ela so sabe dizer que e normal e voce sera mais feliz em assumir.

paulo sousa disse...

A sociedade em geral diz que aceita , que a homosexualidade é normal, mas ninguem deseja ter um filho homosexual, pelo menos nunca ouvi. Basta um homosexual virar as costas e é gozado , criticado..., essas atitudes leva nos a entender que não e normal, e nao é tambem aceito como parece.
Esqueçam os psicologos pois a sua maioria é homosexual e são grandes defensores. Vao fazer com que voce se aceita como gay. O trabalho começa somente por si , de dentro para fora , é um trabalho pessoal e interior, as respostas estao dentro de si. Outra coisa voce tem k se amar e aceitar , quando digo aceitar referir mo fisicamente, por vezes queremos num homen aquilo que gostariamos de ter, sobretudo fiscamente, pois a maioria dos gays nao se ama, vivem do ego apenas, ver film da louise hay (youtube) " como mudar a minha vida", voce tem de gostar de si para gostar dos outros.

Anônimo disse...

se tiver alguem com esse mesmo problema q eu e tem a minha idade e quer fazer amizades e me ajudar a superar isso me passe algum contato por favor,,, so evangelico e quero me liberta desse mal...

Anônimo disse...

so não concordo de dizer que os profissionais da pscologia não devem ser procurados,não digo procurar um psicologo mas um psiquiatra pode ter um papel muito importante nessa luta.

paulo sousa disse...

Confesso ter sido radical na questão do psicologo, acontece k em Portugal após algumas pesquisas entendi que os psicologos levam te a aceitaçao ate porque nao e permitido pela ordem tratar a homosexualidade. A nivel do psiquiatra teria k ser aconselhado por alguem so k as pesquisas k eu fiz levam me a querer k a situaçao e a mesma.
Eu acho que deveriamos ter um profissional a acompanhar nos, pois precisamos de falar, falar ajuda muito, eu por exemplo nunca tive ninguem com quem falar , desabafar , tenho o segredo muito bem guardado, so partilhei as minhas dores com alguns gays na altura, mas depois de bastante leitura percebi que só nós podemos mudar a nossa vida,e nao a lutar.

Quintanilha Ramos disse...

este blog é muito interessante estou divulgando vocês em meu blog...

http://libertosdohomossexualismo.blogspot.com.br/

Graça e Paz!

Anônimo disse...

estive conversando com um psicologo e um hipnólogo. Ambos dominam psicologia e comportamento humano. Os dois foram unanimes em dizer que se o homo se propoe a ser 'curado'-reorientado, ele terá sucesso.

Guilherme Sacaramuci disse...

Dois.. Eu tbm não.. As veses preferia a morte..

antonio disse...

queria ter recursos para ter ajuda de psicologos, tem servico gratuito ?

Cris Castelo disse...

Olá, sou heterossexual, mulher, era casada e um dia descubro que o meu ex-marido está com outro homem e ele mesmo me diz que quer ficar com esse cara, que o ama, que está apaixonado. Mesmo eu tendo descoberto da pior maneira possível, pedi para tentarmos, que eu o ajudaria a sair dessa situação,mas ele me disse que a homossexualidade não pode ser curada. Eu não acredito nisso, acredito que se a pessoa quiser mudar a situação está consegue, lógico que é difícil, árduo, mas sabemos que só com sacrifícios conseguimos alcançar o que desejamos e o amor de Deus. Sofri muito e ainda sofro, pois não aceito meu ex-marido vivendo na homossexualidade. Que Deus abençoe todos vocês que tem essa consciência de transformação e estão buscando isso.

Cris Castelo disse...

Caros amigos, não sou gay ou tenho desejos gays, mas meu ex-marido me deixo para ficar com outro homem, tenho certeza que posso contribuir com vocês.

Antonio Villar disse...

Minha amiga, um ponto importante para um relacionamento é a confiança eu estou sendo curado, se um dia fosse namorar falaria do meu passado, e compartilharia minhas lutas com minha esposa e isso me faria dar mais um passo para a cura, fale com ele diz que é possivel sim ser curado, Com a ajuda de Deus é arduo como voce disse, mas a homossexualidade é um engano, embora muitos aceitem, na verdade não gostam dessa vida, mas nao veem como mudar continuam... a biblia nos fala que nos ultimos dias haveria homossexualismo imoralidade e violência e é exatamente o que está acontecendo. Fale com ele, Há esperança em Jesus. Agora só vai depender dele aceitar ou não

Anônimo disse...

Três... eu tbm nao sei + oq fazer... as vezes tbm preferiria a morte,,, nao consigo controlar esse desejo q é muito forte dentro de mim,,, ta ficando insuportavel

Anônimo disse...

QUATRO... TBÉM JÁ NÃO SEI O Q FAZER SEI Q É ERRADO E NÃO CONSIGO ME LIVRAR DISSO, AS VEZES ME PERGUNTO PQ TENHO Q PASSAR POR ISSO , TA FICANDO CADA DIA MAIS DIFICIL...

Anônimo disse...

Quinto.... Meninos e meninas! muito interessante a exposição real de voces quanto aos seus sentimentos. Diria que muito saudável e valente. Admiro voces, por sua consciencia sobre a homossexualidade e por suas lutas individuais para não seguir esse caminho. Fico emocionada por voces. Tenho mais de 60 anos e um ente querido nessa condição.. então me debrucei em literatura sobre a questão a quase cinco anos, quando tomei conhecimento real da situação em nosso seio familiar, objetivando entender melhor. Entretando, quanto mais leio e entendo de homossexualidade, mais entendo que não é normal, mas sim fruto de distorções emocionais merce da leitura que cada um faz da vida, mediante suas proprias condições pessoais. Diria que trata-se de uma distorção emocional que resulta nessa sentimento. Isso em linhas gerais, porque é bem mais profundo. Porém, de forma talvez um pouco simplista demais diante do sofrimento de quem não quer vivenciar a homossexualidade, diria que trata-se de um processo longo de retorno á normalidade, como qualquer disturbio. Não se trata da pior coisa do mundo, certamente, ... mas incomoda bastante e não permite que aquele que a detém caminhe de forma plena. meu email é lorienetelra@yahoo.com.br. Salete Abraços e não desistam da luta.

Anônimo disse...

Cris Castelo, minha admiração por voce se dispor a ajudar pessoas nesse sentido. Penso como voce. Tudo é dificil na vida e so obtemos valores, mediante busca e muito sacrificio; em todos os campos, não somente na homossexualidade. Ocorre Cris, que hoje a sociedade valoriza em excesso o prazer sexual como unica fonte de alegria e paz no mundo. Não consideramos outros valores : familia, amizade, a alegria de filhos e a paz e docura do aconchego e respeito da esposa ou esposo. Nos perdemos!! tenho um ente querido nessa situação e tenho mais de sessenta anos. Meu email é lorienetelra@yahoo.com.br. Gostaria de colaborar, nem que seja somente para ouvir, pois não temos palavras e respostas par tudo! Abraços Salete

Anônimo disse...

Bom, eu tenho 23 anos e nunca tive e nem vou ter nenhum contado com outro homem. Como a maioria das pessoas aqui, sempre sonhei em casar, ter minha mulher e meus filhos. Felizmente, eu sempre soube e entendi que era errado o relacionamento entre homens. Eu sempre consegui suprimir essas tendências. Infelizmente acabei adquirindo o vício da masturbação, mas, pelo menos, utilizando imagens de mulheres, ou de sexo entre um homem e uma mulher. Mesmo assim, sou (ou estou diferente) dos homens normais, não sinto o desejo natural pelas mulheres.
Esclarecida a minha situação, creio que a forma de lidar com esse problema é SABER QUE ESTAMOS FAZENDO O MELHOR QUE PODEMOS, focar em conseguir ser uma pessoa digna que se sustente com o próprio trabalho, e, após conseguir adquirir autocontrole (o que significa, pelo menos, nem cogitar mais ter relação com outro homem) pensar em comportilhar sua vida com uma mulher, que contudo terá que estar disposta a dividir esse fardo.
Repetindo, acredito que podemos compensar essa tendência (de maneira nenhuma devemos cogitar ter relações com outros homens) sendo pessoas boas, dedicando-nos ao nosso trabalho, e, se tivermos a sorte de encontrar uma companheira, sendo gratos a ela.
Essa é a minha opinião sincera.

Bete disse...

Meu nome é Elisabete tenho 45 anos, A sete anos fui liberta do homossexualismo eu tenho visto muitas pessoas que são evangélicas sofrerem com esse problema, conhecem a verdade mas não conseguem largar a prática homossexualismo, eu tive uma experiencia com Deus de libertação, passei por um seminário de batalha espiritual ,cura interior e libertação, e nesse seminário passei por uma ministração individual e manifestei com demônio, apesar de fazer parte de uma igreja fazia 6 anos , existia um demônio atras do problema. Após essa libertação eu senti que eu estava diferente eu tinha certeza que alguma coisa tinha mudado dentro de mim, tive toda a certeza quando cheguei em casa e olhei para mulher que eu vivia a 11 anos e não senti mais o mesmo sentimento por ela , para vcs terem uma ideia o que era o maior amor de minha vida , parecia como uma pessoa mui amada mas não como mulher, não consegui mas beija-la e tem ter relações sexuais com ela. Deus mudou a minha vida, hoje sou convertida ,sirvo a Deus e estou escrevendo para vôces que tem o desejo de mudar de vida, busquem a sua libertação porque não tenho duvidas que atraz da prática homossexual existe um demônio.
Deus abençoe vocês,

Ana disse...

Uma coisa é certa, esses desejos passam é só dar tempo ao tempo. Sentir por um período atração pelo mesmo sexo não significa que você é homosexual, acredite que isso vai passar. Faça sua parte não alimentando esse desejo, vendo sites ou coisas parecidas. Ocupe a mente com coisas saudáveis e não escolha como seu grupo de amizade apenas homosexuais, mas diversifique, nós somos produtos do meio que vivemos, o grupo que pertencemos fornece muita influencia. E nunca desista, lembre-se isso irá passar, depende muito de você.

Anônimo disse...

Sou casado tenho filhos, e sempre senti atração por homens desde a adolescencia. Aos 45 anos tive uma grande depressao, devido a varios problemas no trabalho e na família, me refugiava me masturnado com outros homens o que so aumentou a depressao e a busca pelo suicídio. Não me livrei do pesadelo que é a homosexualidade, mas tive coragem de contar a minha esposa que assutada compreendeu e me acolheu, Deus me deu uma mulher abençoada. Realmente é difícil mudar este padrão mental mas com fé em Deus ei de conseguir.

Anônimo disse...

Tenho 44 anos e vivo com o pesadelo da homossexualidade em minha vida, porém nunca vivi um verdadeiro relacionamento homossexual com outro homem; pois ser assim, ou melhor, estar assim sempre foi algo que me matava por dentro. Sempre busquei o prazer através da masturbação vendo revistas e imagens da internet, vale salientar que muitas vezes tentei fugir dessa prática, porém sempre recaía e voltava ao erro. Hoje, exatamente, está fazendo 32 dias que não me masturbo e também não tenho alimentado os desejos homossexuais. Tenho focado todo meu pensamento as coisas do alto, tenho colocado Jesus como centro de tudo e isso tem me fortalecido demais. Às vezes acho que não vou conseguir, porém oro e tenho assistido bastante testemunhos de pessoas que conseguiram sair da homossexualidade e isso tem me fortalecido dia a dia. Dentro de mim existe uma voz que diz que eu estou vencendo, por mais que o inimigo tente me mostrar o contrário, eu creio que a minha libertação está acontecendo em nome de Jesus. Que Deus nos ajude e nos liberte, Amém!!

Tehilah disse...

É povo, esse assunto é complexo, mas só no começo..rsrs..Uma coisa que me ajudou muito foi perceber que o que eu mais buscava era a "libertação", a "libertação" era o meu deus e não Deus!! Então comecei a buscar a Deus e não a libertação e ai comecei a mudar, porque ELE me mudou. É como diz no texto: O que voce tem feito? Ficar só chorando não adianta né..rsrs..então bora orar e adorar a Deus que ele vai nos mudando!! E não ha nada melhor do que ver Deus fazendo aquilo que achavamos IMPOSSIVEL né..rsrs

Anônimo disse...

Vivo o mesmo drama que todos aqui, mas Graças a Deus estou vencendo, faz muito tempo que não me masturbo, nem nada, sabe como estou vencendo isso!? JEJUM E ORAÇÃO! Quando a vontade vem, corro pra oração e jejuo em busca de santidade, e Deus tem me abençoado grandemente, creio que daqui mais uns dias poderei dizer finalmente que estou livre disto! Pois faz muito tempo que não sinto desejos homossexuais, ja penso em me casar e tudo mais...

Anônimo disse...

Olá pessoal. Tenho 24 anos e tenho desejo por homens assim como vários de vocês. Aos meus 10 anos fui abusado e aliciado por algumas pessoas do meu convívio social e isso causou uma grande confusão em minha mente e uma insegurança sobre meu corpo que até hoje estou tentando administrar. Tive um pai maravilhoso, mas muito ausente, e uma mãe extremamente protetora e amorosa. Resultado: falta de confiança,carência masculina, carência afetiva paterna, e desenvolvi muito meu lado feminino e sensível. Enfim, comecei a ter um desejo por homens muito cedo, mas nunca tive nenhum relacionamento, mas a masturbação e a pornografia sempre foram minhas válvulas de escape. Já fiz terapia e ultimamente estou lendo o livro "Restaurando a Identidade" que existe disponível aqui neste blog, e tem sido muito bom ler sobre os testemunhos e ver as mudanças que aconteceram na vida das pessoas que realmente queriam mudar. Contando com hoje, estou sem me masturbar a mais de 10 dias, e tenho buscado a Deus em minhas orações diárias. Não é fácil deixar um hábito que você tinha há tanto tempo e que você sempre usava quando se sentia sozinho, mal amado, triste, e claro, com tesão carnal. Muitas vezes eu penso em desistir, mas ai venho ler o testemunho de vocês e sinto que não estou sozinho. Também quero uma família e uma vida "normal". Então, lendo alguns conteúdos que falam sobre a "libertação do homossexualismo", eu percebi que estes valentes homens e mulheres buscaram grupos de apoio, orientadores espirituais, pastores, etc, para se apoiarem, chorarem juntos e dizerem o que estão sentindo. Eu vejo que este blog é isso pra mim. Eu ainda não tenho a coragem de falar com um grupo de pessoas sobre a minha condição, e muito menos com um líder religioso (ainda me sinto muito vulnerável). Então hoje eu venho aqui a agradecer vocês, por cada testemunho de luta e dor, e eu não sei quem é o dono deste blog mas PARABÉNS. Eu gostaria também de fazer um pedido que pode parecer tolo, mas de grande importância. Grande parte de nós homens, que vivem na condição homossexual, sentimo-nos rebaixados, inferiorizados, e com a auto-estima muito baixa diante de outros homens heterossexuais. Então pensei, porque não cultivarmos mais destes testemunhos, de conversas sadias, de partilhas e e de apoio um ao outro?? Ainda não sei como (um grupo no facebook, um grupo de uma plataforma distinta), mas ninguém precisa se expor ou se identificar. Penso em somente darmos o nosso testemunho, as nossas fraquezas, e com as semelhanças e diferenças irmos crescendo dia a dia. Eu posso passar um e-mail para vocês se alguém se interessar. Até mais.

Anônimo disse...

Minha familia nao sabe porque nao aceitaria, eu também me sinto um lixo, estou numa psicóloga há mais de 9 meses e nao tenho coragem de falar sobre isso, aí eu sem pre invento um assunto... Vou falar a respeito com ela e tenho aumentado minhas esperanças, so espero que ela nao me peça para contar a minha familia, porque isso eu nao farei nunca. Eu nao tenho tentado mudar a minha situação, mas a partir de agora vou tentar, dói tanto saber que outros meninos da minha sala se encontram pra jogar futebol aos finais de semana e se divertem, enquanto eu nao tenho muitos amigos homens. Absolutamente ninguém desse mundo sabe que eu sou gay, ou melhor, que sinto atração pelo mesmo sexo. Ja pensei em fazer medicina, pra trabalhar mais de 12 horas por dia, nao ter familia e consequentemente nao precisar dar satisfação sobre os meus impulsos sexuais a ninguém; entretanto surgiu uma esperança dentro de mim, uma pequena luz, eu quero ser feliz e vou me tratar! A minha única dificuldade será me tratar sem que meus pais saibam, todavia me tratarei e espero estar curado em no máximo cinco anos, ja que deve ser um processo demorado. Eu nasci para ser feliz e vou lutar por isso!

Anônimo disse...

Nossa cara, seu testemunho é igual ao meu. Também sinto dor ao ver vários caras com amigos homens, saindo pra jogar futebol, enquanto eu sou o nerd da sala cujas garotas pensam ser seu melhor amigo gay e confidente. Eu pretendo fazer Direito, pra me enfiar em um escritório e não ter que dar satisfação a ninguém. Sair da minha cidade interiorana e nunca mais por os pés nela. Pois no meu município, a vida de um é a vida de todos e notícias se espalham aqui como um vírus. Também fui a uma psicóloga para tratar isso, mas pensava muitas vezes antes de me revelar e acabei não falando nada, e inventava coisas do tipo: roubar, bater nos irmãos e etc. O pior é que estou gostando de uma menina e acho que ela também está de mim, o problema será na hora do ato sexual.Me sinto um lixo.

Anônimo disse...

Olá meu amigo tudo bem...gostei muito da sua ideia...se possível, adiciona meu e-mail: vencendoremcristo@hotmail.com...podemos trocar experiências e assim nos ajudarmos...abçs e fica com Deus!

Anônimo disse...

boa tarde amigo...caso queira podemos trocar experiências e nos ajudarmos mutuamente....tenho passado por muitss lutas, mas Deus tem me dado graça para supera-las mesmo diante de tantas dificuldades...e-mail: vencendoremcristo@hotmail.com
abç e fica com Deus!!!

Anônimo disse...

Meus amigos anônimos tudo bem....sei que deve ser muito dificl pra vcs como tem sido pra mim, porem quero deixar claro que o fato de haver uma reunião para jogar futebol ou coisas semelhantes não vai mudar em nada....eu sempre joguei futebol, inclusive me tornei profissional, mas não continuei por muitos motivos...eu não so jogava como era considerado por muitos como um grande jogador e de fato era msm...desde de muito cedo tenho desejos por homens, mas sempre tive uma relação normal com muitos homens e mulheres...minha infância foi muito boa, com ótimos pais, embora eu tenha tido uma relação muito conturbada com meu irmão e tenha sofrido um abuso sexual....não sei se esse abuso contribui para os meus desejos, pois antes dele eu já sentia isso, mesmo sem entender nada, afinal era apenas um garoto...já me perguntei bastante o motivo disso, já me revoltei com Deus tb, mas desde de 2010 me tornei cristão e tenho lutado contra isso...as vezes eu caio ou fico desanimado pq quero lutar com minhas forças...e sei q não vou vencer assim, mas se eu me jogar nos braços do Senhor sera mais fácil, pois ele e o que pode fazer essa mudança em minha vida....mas repito...não e fácil...hj mesmo, estou com muita vontade de ver pornografia e isso me doi muito...por outro lado sei q e um prazer temporário...muitas vezes da vontade de desisir e cai de vez nesse mundo, mas não quero isso...meus sentimentos muitas vezes são confusos, portanto nem me entendo algumas vezes...quero dizer a vcs que não desistam e busquem a Deus...quanto a falar com alguém a respeito disso, eu tb era meio incerto, mas minha família sempre suspeitou, não pq dou pinta, mas pq nunk namorei...hj em dia, estou mais aberto ate pq busco uma saída disso tudo e esei que Deus usa as pessoas para nos ajudar tb...espero q vcs não desistam de lutar...abçs a e fiquem com Deus!!!

Anônimo disse...

Olá! Eu escrevi comentário acima! Vou add sim!
Meu e-mail é: duff1088@hotmail.com
Sintam-se a vontade em me adicionar todos que quiserem conversar. Eu, assim como muitos, preciso ser escutado, preciso de apoio e quero amigos que me apoiem na decisão de lutar contra a homossexualidade. O intuito é esse: conversar. Eu não sei qual o melhor caminho para sair dessa, mas lutar sozinho tem sido dolorido demais. Não busco nada além da amizade sadia. Por isso em momento algum vou postar foto, ou sequer abrir a camera. Já basta toda nossa luta contra pornografia, videos, chats, e outras coisas.Eu não quero mais uma tentação me amarrando. É isso, se o dono da pagina quiser me add ou me mandar um e-mail eu ficaria feliz pois acho que podemos nos ajudar também. Até mais

Anônimo disse...

Oi a todos eu tbm como tdos vcs não sinto desejo por mulheres,eu gostaria que tivessem aqui neste blog,depoimentos de ex-gay para poder nos ajudarnos.Abraço a todos!

Anônimo disse...

Olha meu amigo eu tbm sempre sofri com meus prolemas iguais ao seus,porém hj eu sofro menos li um livro chamado;NUNCA DESISTA DOS SEUS SONHOS,do autor Augusto Cury,é claro que os desejos continuam porém eu consegui me comportar melhor dentro de mim mesmo,não ficar me auto condenando,pensando em suicidio e etc.Este livro ajuda vc a se encontrar com o seu(eu)e administrar melhor os desvios de condulta e caráter.Me ajudou a ser um filho melhor,um irmão melhor,um funcionario melhor,e tirar admiração das outras pessoas.Eu coloquei algo em minha cabeça de que aquilo que eu puder melhorar eu vou melhorar,principalmente o que eu não depender dos outros.Espero ter ajudado de alguma forma e vamos a luta.Abraços!!

Anônimo disse...

Oi pessoal como a maioria aqui eu tambem estou no mesma situacao mas gracas a Deus ja estou bem melhor.
A fase de querer morrer, ou depressao, e tristeza profunda ja passo, tambem o vicio da masturbacao foi vencido.Nao foi e nao tem sido nada facil afinal sao 23 anos convivendo com esse sentimento, mas o que tem me ajudado muito nesse processo e o QUERER sair desta situacao, quando ha um querer sincero voce muda seus habitos, videos pornos gay, fotos de homens ou sena de sexo gay enfim todo esse artefato de porcarias.
A verdade e meus caros que desde a infancia nutria esse sentimento, as coisas ficaram pior na fase da adolescencia e pioraram com 18 anos, nunca me envolvi com outro homem, vontade e oportunidade nunca me faltaram mas algo no meu interior dizia que esse sentimento nao valia a pena pois vc sofre aqui e no mundo por vir.
Cresci num berco evangelico e por muitos anos participei de uma igreja fervorosa no quesito libertacao por imposicao de maos e nada disso me livrou desse sentimento.
Preciso te contar 3 verdades neste mundo de homosexualismo:
1-Nao existe amor entre homens.
2-Este pensamento so muda se voce querer.
3-So em Jesus a liberdade e libertacao.
Agora que vc conhece os passo iniciais comece, ja te alerto nao e nada facil teve madrugadas em que eu acordei com aquele desejo mas me mantive, evite filmes com cenas explicitas, evite o maximo a masturbacao ela so te incomoda nos primeiris 20 dias, nao fique sozinho em sua casa inicialmente, se vc mora sozinho faca exercicios, leia livros veja filmes enfim ocupe sua cabeca e por fim nao conte os dias q voce esta sem ter um contato com esses materiais de pornografia e masturbacao e por fim amigos mude seu pensamento.
Quando vier o pensamento de culpa, medo, desanimo ou desejo reprienda-o na hora.
Como eu disse estou no processo de adaptacao com meu novo eu, ainda nao estou totalmente curado mas creio que estou no caminho certo infelizmente nao pude contar com a ajuda de amigos, familia e igreja por causa do medo vergonha, preconceito e "orgulho" mas Deus tem me libertado DIA apos DIA.
Ha estou a procura de uma companheira que esteja na mesma situacao que eu e queira comecar um relacionanento a dois, nao sou feminino e nem tenho geito de gay, minha voz nao e fina e sou cristao batisado, procuro alguem com a idade de ate 26.anos tenho 23 rs.
Nao adianta eu procurar uma "hetera" pois ela nao vai entender minhas dificuldades tem que ser alguem assim como eu, se tiver alguma interessada me responda no email abaixo:
recomeco@live.com
Mas aguarde uns 2 dias apartir de hj 25/05/13 vou criar este email ainda, a inicio nao quero dar meu email pessoal por seguranca e descricao, e se vc quiser a minha ajuda em palavra ou oracao e ate tirar duvida me envie seu email tambem, forte abraco e ate a procima!

Anônimo disse...

Oi meu nome é Ian, eu tenho 19 anos de idade, sou virgem, e estou neste barco e o que eu mais quero é minha libertação. Quando eu era criança, eu fui abusado, bom agora eu vejo como um abuso, mas na verdade era o famoso "troca-troca". Eu aparentemente sou um homem normal, graças a Deus, nunca tive relações diretas com homens, sempre tive namoradas, e sou completamente apaixonado pela minha melhor amiga, mas como eu posso dar todo esse amor para ela com esse pesadelo? Como muitos eu me masturbo vendo videos pornôs Gay hetero, e sempre me arrependo, eu sinto vergonha de mim mesmo e ódio! Já pensei em suicídio, e as vezes faço pequenos cortes em minha cocha. Eu vou ser sincero, sempre que eu paro, eu volto, é como uma droga, é uma abstinência horríve, mas vocês sabem do que eu falo. Ninguém sabe sobre isso, quando eu estou com meus amigos eu sou normal, mas meu inferno começa quando estou só! A única coisa que eu quero é poder ser feliz, eu só quero ser feliz! Me livrar desse inferno, para dar amor a uma mulher, uma "Eva". Por causa desse sentimento involuntária, eu comecei fumar, uma cigarro para cada vez que eu queira ver qualquer coisa, mas esse método não tem sido útil, eu vou ser muito sincero, eu meio que sou agnóstico então sou muito fraco de fé, mas eu preciso mudar, eu preciso procurar minha paz dentro de mim, eu li todos os comentários acima, e sei que é difícil, mas eu sei que eu não estou sozinho como eu pensava. Eu estou disposto a me livrar desse mal.

Anônimo disse...

Seis... não tenho nada contra gays, mais acho que a pessoa deve ter essa liberdade para se livrar. Segundo as pessoas que se dizem "modernas" essa história de cura gay é pura homofobia... mais não é! Afinal eles pregam tanto felicidade humana, e não estamos felizes com essa realidade nossa, e só porque queremos mudar, acham que somos preconceituosos primitivos, acho que esses "modernos" são uns baitas de uns hipócritas!

Anônimo disse...

Tenho 17 anos, sempre pensei em ter uma família,e que daria toda atenção aos meus filhos para eles não serem com eu. Não gosto de sentir atração por homens, isso atrapalha nos meus estudos, na minha auto-estima. Quando criança via amigos meus, serem como eu e não contarem pra ninguem, hoje a maioria se declararam homosexuais e tem namorados. A unica coisa que me impede de fazer como eles é uma garota que gosto muito, não imagino abandonar meus sonhos pra viver em promiscuidades com homens, por causa de uma atração homosexual. Meu futuro ta incerto já que não tenho controle do meu presente, cancei de fazer promeças pra Deus, eu sei que decepicionei muitas vezes à ele, oque me resta é esperança de um dia isso tudo acabar. Boa sorte à vocês.

Anônimo disse...

Tenho 16 anos,e meu maior objetivo como ser humano é largar, deixar essa situação que é triste e constrangedora de lado, tenho lutado desde os meus 13 anos incansavelmente contra os desejos e sinto que já foram mais fortes e que agora estão enfraquecendo aos poucos, minha esperança está em Deus que é fiel para libertar e salvar, acredito plenamente na possibilidade da cura, só preciso de alguém para me orientar porque sem Deus sozinho estou nessa batalha. Fiquem firmes! um dia conseguiremos! abraços e Deus os abençoe.

Anônimo disse...

Ola a todos, e impressionante a força de vontade de todos os que escrevem suas experiências, pois não e nada facil exteriorizar o que se passa dentro do coração, ainda sobre um tema tão dificil e complexo como esse.
Bom aqui vai a minha vida e muito dificil falar sobre isso por vergonha e constrangimento pois sou cristão desde os dez anos de idade e hoje sou levita da minha igreja (podem imaginar o que sinto) embora hoje me sinta bem mais seguro para revelar . Ok vamos la, tenho 21 anos de idade e acho que sinto atração por homens desde sempre sei la,mais isso nunca me incomodou ate a adolescencia , nunca fui abusado, mas a ausencia do meu pai sempre foi um problema, ppis sem ele eu nunca tive um referncial masculino para me espelhar, tive que aprender sozinho e do jeito mais dificil, que e observando o pai das outras crianças, sempre fui muito observador, mas o problema e que nao. era muito sociavel por timidez extrema sei la, enfim tudo so piorou na adolescencia quando os hormonios estao ao flor da pele, foi ai que percebi o problema que tinha, e muito dificil lidar com essa situação e constrangedor tambem, mas piora nunca tive nenhum contato com garotas (acho que sempre fui o amigo gay que toda garota adora ) ja gostei de algumas mas nunca tive coragem de falar com elas e o pior e que elas sempre saiam da minha vida e nunca mais as via ( tragico) mais enfim, tudo so piorou quando fiz 18 trabalhava em uma empresa mas tava muito insatisfeito e deprimido, foi um erro eu ter baixado a guarda pois estava meio afastado da igreje e de DEUS foi quando cai e tive uma experiencia homo, foi ruim porque fiquei me culpando durante anos e mesmo sabendo que DEUS ja havia me perdoado fiquei me martirizando e ate quase me. matei mas DEUS teve misecordia da minha vida me ajudou a ficar de pe, nao tem sido facil lutar com os desejos que vem, mas DEUS tem me fortalecido nesta luta, ja que consegui contar a historia da minha vida (coisa que para mim era quase impossivel) o que me mostra que eu estou chegando la, hoje eu contei a vcs amanha posso conseguir contar a um amigo.
Muito obrigado por esse espaço, foi muito importante pra mim desabafar.
Que DEUS abencoe a todos que estão passando por essa dificuldade e so pra terminar uma passagem biblica na carta de Paulo aos Romanos. capitulo 5 versiculos 3 e 4 que diz:
"E não somente isto, mas tambem nos gloriamos nas proprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança;
e a perseverança , experiência; e a experiência, esperança."
entoa tudo que passamos tem um proposito o nosso provavelmente e ajudar pessos na mesma situação, deppis que aceitei isso tem sido bem mais facil.
que a paz de CRISTO esteja com todos nos.

Anônimo disse...

Olá,tenho 19 anos. Eu também sinto atração sexual por homens e tenho muito nojo e vergonha disso. Eu nunca comentei sobre isso com ninguém, eu estou muito triste devido a isso tudo. Tenho vontade de suicidar! É muita tristeza quando eu penso que minha mãe ou meu pai podem me destratar ou me xingarem de todos os nomes...
Eu sempre fui uma criança normal, na primeira série uma ou duas vezes me chamaram de "bicha",essa foi a primeira vez que alguém me chamou de algo desse tipo, mas eu não lembro de parecer afeminado nem nada, até porque não sou. Acho que me chamaram disso pois eu não jogava futebol e não interagia muito bem. Até os 12 anos eu sentia atração sexual por mulheres normalmente, mas nessa idade eu passei a ficar sozinho em casa durante algumas horas. Durante esse tempo eu comecei a procurar na internet imagens de homens pelados pra saber como era o de um homem adulto, no início eu não ficava excitado, mas com o tempo comecei a ficar excitado e gostar, então passei a me masturbar com vídeos gays e héteros. Mas foram anos nessa situação, até que a proporção de vídeos gays que eu assistia aumentaram e meu tesão por mulheres diminuíram. Eu nunca tive relações com mulheres nem com homens, nunca dei um beijo na boca até hoje. Eu sempre me apaixonei por mulheres, dá vontade de beijá-las e agarrá-las mas não sei se eu teria tesão na hora do sexo. Não sei se não consigo nada com mulheres se é porque sou muito tímido(tenho vergonha de chegar na menina e pedir pra beijá-la), ou se é porque talvez eu tenha alguns trejeitos. Eu quero mudar, não sei se isso é passageiro ou definitivo, ou se isso é o tal bissexualismo! DEUS ME AJUDE!

Anônimo disse...

Boa noite meu amigos e irmão em Cristo....estou enviando este e-mail, apenas para que vcs não percam as esperanças....depois de mais de uns 15 anos sendo enganado por Satanás, encontro-me, hoje, liberto desses sentimentos e desejos...e meio louco de entender e explicar, mas em uma semana eu deixei de me atrair por homem para na outra querer uma mulher....e claro que não foi fácil...foram mais de 3 anos lutando e clamando ao Senhor, jejuando, orando, lendo a palavra e me humilhando a esse Deus tremendo....foram muitas quedas irmãos, mas sempre Jesus me levantou...esses dias, tenho sido tentado por satanás, mas não me vejo de forma alguma com outro homem...so o sangue de Jesus para nos lavar...parece simples o que estou relatando, mas so quem sabe o quanto sofri durante esses anos sabe como foi difícil...Deus e fiel...apenas não desistam de lutar e contem comigo para trocarmos experiências, pois tudo que eu passei teve um proposito, mas eu não entendia....hj vejo que posso ajudar muitas pessoas através do meu testemunho...fiquem na Paz do senhor...vencendoremcristo@hotmail.com

Anônimo disse...

Boa noite a todos! Incrível como há tantas histórias/experiências parecidas com as minhas. Desde muito novo sempre me senti diferente dos outros meninos; não sei se pela ausência do meu pai que se separou da minha mãe quando tinha apenas 5 anos ou se pela experiência de quase ter sido abusado pelo meu primo mais velho. O fato é que sempre escondi minha condição mesmo em algumas fases da minha vida, algumas pessoas desconfiarem, sempre neguei. Aos 15 anos tentei minha primeira relação sexual com uma mulher, em uma casa de massagem com os amigos. Foi uma experiência trágica, não consegui ter desejos por ela. Depois disso nunca mais tentei nada. Namorei apenas 1 vez, aos 20 anos, e terminei logo por medo de não conseguir fazer sexo com ela. Só tive experiência com homem apenas uma vez, mas não rolou sexo. Sou um cara com uma vida normal, trabalho, estudo, finjo ser o que n sou de verdade. Sofro muito por ver meus amigos sendo felizes, arranjando namoradas, casando... e eu cada vez mais, sinto que vou morrer nessa solidão com esse problema que acaba comigo. Como muitos relataram tambem, me refugio em sites pornôs e sempre me sinto a pior pessoa do mundo dpois que me satisfaço. Tem muitas garotas que dão em cima de mim mas eu finjo ter namorada. Não quero mais isso!!! Quero ser feliz, ter uma namorada, constituir minha família... mas n sei como mudar tudo isso... peço ajuda a Deus mas cada dia q passa se torna mais dificil.Quero ter relações com mulheres mas sempre acho q vou falhar na hora H. Será que eu consigo ou é coisa da minha cabeça?!

Anônimo disse...

Achei que estava sozinho. Se cada um de nós orarmos uns pelos outros eu acredito que vamos conseguir. Quem aceita? Vejo que a maioria de nos somos evangelicos, mas o poder de Deus pode libertar quem quer que seja. E a gente vai conseguir juntos! Por favor, me adicionem no email jonatasbrs@yahoo.com.br. Eu nao ligo pro que os outros vao pensar. Vou adicionar alguns que deixaram o email. E outra. Acho que está na hora de pelo menos entre nós nao termos medo de nos expor. E se algum impostor entrar aqui, nao vai importar. Estou desesperado por mudanca e estou tao perdido quanto voces., mas a gente nao quer viver assim Ja tentei de tudo. Se Jesus não me ajudar, vou ter que sofrer com isso durante muito tempo.

Anônimo disse...

é... vejo q muitos aqui são cm eu..... são sim, testemunhos variados. Mas assim como fiz se vc para e lê cm atenção vê que vivemos as mesmas coisas e situações.......tenho 15 anos.......sou católico e participo do movimento denominada Renovação Carismática Católica........Estou a 3 anos procurando minha libertação........... ja pertenci a outras religiões, seitas e filosofias mas eu tenho experiencia para dizer q longe de Deus td piorava. A vida é um teste, como uma prova ! A nota depende de sua fé..........Amados, nesses 3 anos até hj, nada tem mudado, n consigo parar de pensar e querer. N tenho coragem de contar isso a um Padre ou Pregador. Eu só quero ajuda, eu só quero viver. Tô cansado de ser assim, eu quero a normalidade dentro da minha cabeça, mas..........n vejo nada acontecer. Eu sei q se deve ter fé, orar, jejuar, ler a Biblia, etc.. mas ja tentei isso é nada, nada realmente nada aconteceu. Ja orei por muitas pessoas e suas gracas foram alcancadas. mas quando oro por mim........Enfim espero q um dia td isso acabe, n só pra mim mas para todos q tiveram a coragem de assim cm eu pedir ajd nos comentarios. Paz e bem a tds. Fiquem cm Deus. E lembrem-se : A vida é uma montanha russa, horas em cima e horas em baixo !

Anônimo disse...

Vou tentar fazer uma leitura de todos: é o mesmo que está me lendo, rsrsr!
Minha primeira paixão foi por uma menina aos 7 anos até aih ótimo.
Sofri um abuso por primo aos 9 anos, o famoso troca-troca, aih a coisa começou a desandar.
Pai repressor e mãe castradora, religião cristã também ameaçadora: o castigo do inferno, a terror do medo começa a se instalar. Como uma criança pode ter domínio destas coisas, se sua vida se resume as fantasias e sexo imposto nesta idade ja lhe parece a liberdade pessoal? O segredo imoral ou mortal que só pertence ao adulto.
Como crescer deste jeito? Como amadurecer? Sem experimentar de tudo? O bem (o verdadeiro amor direcionado a vida?) ou o bom (o sexo, desregrado, independente de hetero ou homo? direcionado a morte?)
È posso falar de cadeira, não muito cativa:
Na dúvida do desejo homo que me afligia e ainda me aflige, preferi me casar com minha primeira namorada de verdade, mesmo com toda as incertezas possíveis. Casei inconsequentemente, sem amadurecimento, como um adolescente solitário, sem amigos e desamparado emocionalmente. Sofri muito e muito tempo sozinho por mais de 20 anos. Descarregava minhas frustrações com o próprio casamento e imaturidade emocional (infância e adolescência conturbada) na masturbação desenfreada, vendo a principio pornografia hetero e com advento da internet enveredei pela homo pornografia. Para piorar fiz amizade com um homem solteiro com as mesmas dificuldades, e ao mesmo tempo que conseguia desabafar com alguém, ao invés de me ajudar começou a me assediar e a situação piorou mas ainda.
Foi me despertando para outras possibilidades nao mais virtuais e sim reais e fui atolando o pé na lama.

Tenho uma esposa realmente cristã e filhos maravilhosos, mas comecei a ficar cego para tudo isto, a perversão começou tomar conta de mim 24 horas como um caminho sem volta. Não é vida, pessoal! É a morte do ser dito humano. Foram me aparecendo outros e outros com as mesmas dificuldades e desejo de masturbação, pegação e o diabo a quatro literalmente. Homens humilhados e querendo se humilhar mais ainda. Vi um outro homem casado larga seu filho para se masturbar comigo. È o abandono de si mesmo, por apenas sexo, muitas vezes sujo e gratuito, uma verdadeira prostituição, deprimente.

Resultado: depressão e tentativa de suicídio, o fundo do poço, o fim da linha. Graças a Deus que é AMOR e misericordia e sabe que temos jeito, sobrevivi, pois Ele sabe que temos a capacidade de amar, inclusive o amor próprio. Contei tudo a minha esposa e busquei ajuda profissional, mesmo com um psicologo gay que não acredita em cura, mas fiz ele acreditar no que me faz sofrer e na mudança que quero para minha vida. E com todo está luta, Deus está me ajudando e eu vou conseguir, como vcs tb conseguiram.

Não caiam na ilusão que um pouco a mais, um pouco a menos disso ou daquilo que te fere vai te ajudar na vida. Não é vida é o caminho para a morte espiritual, da descrença em si mesmo e em Deus.

AME-SE MUITO E PROCURE UMA AJUDA PROFISSIONAL OU ESPIRITUAL SÉRIA QUE LHE RESPEITE SEUS SENTIMENTOS E REALMENTE LHE AJUDE NESTA CAMINHADA QUE NÃO É FÁCIL , MAS QUE COM A AJUDA DE DEUS NÃO É IMPOSSÍVEL.

Anônimo disse...

Sou uma esposa que descobriu a um mês que o esposo luta contra o homossexualismo. Quero deixar o depoimento de quem está do outro lado e precisa apoiar e respeitar, mesmo sofrendo muito.
Ele se casou comigo em busca de amor e aceitação e acreditava que estava curado e seríamos muito felizes. Cristão exemplar, líder na Igreja, tivemos um relacionamento lindo de 5 anos (namoro e casamento). Nunca brigamos, ele sempre foi um excelente esposo, porém sempre percebi que faltava algo, especialmente no aspecto sexual, mas não sabia o que era. Só agora é que descobri porque ele me contou que não suportava mais viver com este fardo. Enquanto fomos casados ele foi fiel, porém após 2 anos de casados, ele passou a se masturbar e ficava horas na internet para fugir da realidade. Aos prantos ele me confessou que nunca se realizou comigo. Foi muito difícil ouvir tudo e o pior é que ele não me deixou ajudá-lo. Simplesmente me falou, pediu a separação (em respeito a mim) e após tentar por 10 anos se livrar destas tendências que o atormentam, resolveu se entregar a elas, pois nunca havia experimentado e quer saber o que realmente ele é. Sofro por ver que ele vai acabar com a vida dele. Estou acolhendo-o em casa, me propus a ser uma irmã para ele. Só DEUS sabe o quanto é doloroso ver a pessoa que vc ama nesta situação. Ele quer muito que eu recomece minha vida e seja feliz com um homem de verdade. Estou em processo de assimilação e reorganização da minha vida. Peço que orem por mim e pela vida dele. O meu maior medo é ele perder o discernimento espiritual e não querer mais ouvir a voz de DEUS.
Ler os depoimentos de vocês tem me ajudado a entendê-lo melhor, obrigada por compartilharem. Encontrei este site hoje e escrevi pela primeira vez sobre o que sinto. PERMANEÇAM FIRMES EM CRISTO JESUS!

Jonatas disse...

Oi. Hoje é 27 de novembro de 2013. Estou me sentindo um lixo. Vejo tantos aqui com o mesmo problema e penso: ajuda-nos Jesus! Eu quero ser feliz. E sou frustrado. Será que algum dia as coisas vão melhorar? Não sou ninguém. O pecado só me traz tristeza, só sou uma pessoa muito carente. Cada dia que passa, cada natal, cada anivrsário.. sempre sofrendo, triste. Vou, podre e sujo do jeito que estou me sentindo, porque vi pornografia hoje, orar, implorar a Deus pra que nos cure e seremos felizes em nome de Jesus. Um abraço amigo de quem está desesperado, como vocês.

Anônimo disse...

Ola pessoal tenho 15 anos Hj e Natal rsrs muito triste muito msm pq tenho atraçao por homem!! AFSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS da wontade desair gritano no meio da rua
ME TORNEIO CRISTAO A 1 ANO WEJO AS MENINO SAINDO PRA IR JOGA BOLA ELES FICA LA NA ESQUINA CONWERSANDO TUDO E TAL NAO TENHO AMIGO HOMEM MEU AUTO-ESTIMA ESTA LA EM BAIXO MAIS CREIO NO NOME DE JESUS ELE NAO DEGISTE DE MIM TEMOS QUE CARREGA ESSA CRUZ O CEU E TOMADO POR ESFORÇOS WMOS PESOALL AGUENTA FIRME NAO DEGISTE

Anônimo disse...

Nossa kara tbm sou sozinho, sem amigos, nunca contei pra ninguém a respeito disso.. Tenho 17 anos e sou evangélico pentecostal, batizado mas esse pecado me cerca de uma forma terrivel.. espero em Deus a minha cura espiritual.. que vc tbm não desista dessa luta, Jesus é o nosso Advogado..

Anônimo disse...

Pessoal, é muito forte o que vejo aqui.

Eu tenho 16 anos e sim, tenho atração pelo mesmo sexo. Venho me condenando por isso desde dos meus 12 - 13 anos de idade, mas nunca desistir de ter aquela familia que sempre desejei.

Fico mais aborrecido por sentir atração emocional por algumas meninas que passaram em minha vida (2 meninas), e não conseguir ter um relação normal com elas por causa do Grande Problemas que nos enfrentamos.

Pretendo mudar meus comportamentos , tenho feito isso a algum tempo, e deixar de ser o simpatico e engraçado, amigo gay das meninas do Colegio. Ter referencial masculino conta muito na mudança, ja que eu tive um pai "ausente", vamos dizes assim!

Que Deus esteja em cada um destes comentarios, que nós possamos vencer issso um dia.

"O Caminho é estreio, mas dá para passarmos"

Anônimo disse...

Eu sou menina, e sempre gostei de meninos, nunca pensei em meninas dessa forma. Mas de uns tempos pra cá, parece que eu sinto atração, sei lá. O que está acontecendo comigo? :( Eu nunca namorei nínguem e estou com medo :/

Anônimo disse...

Um dúvida: Os senhores acham que a convivência demais com pessoas do sexo oposto pode influenciar na sexualidade também? Pois eu digo por mim mesmo, eu a vida toda convivi rodeado de mulheres e hoje confesso que chego a realmente não gostar delas, pois começo a lembrar em tudo o que elas deixam a desejar. Gostaria de saber a opinião dos senhores.

Anônimo disse...

A convivência somente com o sexo oposto pode contribuir também, pois acaba influenciando o comportamento, principalmente na infância, quando a personalidade ainda esta em formação.

Anônimo disse...

Bom galera estive lendo os comentarios,eu passo por tudo isso eu fico muito mau sabe pensei até.pra piorar tive uma relação com meu melhor amigo,começou do nada e tuvermos um tempo muito bom junto mais sabe ele é hetero assim como eu mais eu sou apoxoinado por ele mais luto contra isso tds os dias.

Anônimo disse...

Nunca tive amigos, na sala de aula sempre ficava isolado, e não gostava de praticar esportes, como não gosto até hj, mas apesar disso, eu não ligava não, não via necessidade em ter amigos. Mas sempre tive atração pelo mesmo sexo. No começo só achava os homens bonitos. Mas infelizmente descobri a masturbação, quando me masturbava achava isso normal e fazia todo dia na hora do banho até mesmo quando estava me arrumando para ir para a igreja, que frequento desde que nasci e nunca abandonei, porque é o lugar que me sinto mais feliz. Mas comecei a ter desejo de ver o membro sexual dos homens e cai na besteira de pesquisar na internet, acabou virando vicio ver pornografia gay e me masturbar com isso. Aos poucos comecei a ter desejo de me relacionar com homens, mas por causa do meu problema de ser antissocial nunca consegui, ainda bem. Mas apesar de querer me relacionar com homens, me sinto infeliz com isso, porque não tenho as qualidades que um homossexual procura no outro, tipo um corpo atlético e um pênis grande. Eu frequentava a igreja mesmo levando essa vida sem perceber que esta fazendo um estrago em minha vida. Mas quando descobri que masturbação é pecado já era tarde, já estava viciado. Me sinto sujo, porque ninguem sabe que sinto atração por homens e que me masturbo, muitos parentes acham que sou um exemplo de cristão e quando comentam isso comigo a vontade que tenho é de me jogar num precipicio por tamanha vergonha que sinto. Eu sempre tive sonhos de me casar, cursar uma faculdade. Realizei o sonho de entrar numa faculdade, mas foi o maior pesadelo de minha vida, fui até uma altura e acabei trancando o curso, a maior dificuldade foi o fato de não ter amigos e ser excluído dos grupos de estudo. Foi quando vi que queria ter um amigo. Mas não consigo fazer amizade por causa da atração que sinto pelos homens. Quando converso com algum homem já começo pensar besteiras. Tenho 23 anos atualmente, sou virgem ainda nunca namorei ou fique com homem ou mulher. Ninguém sabe que gosto de homens e evito o maximo de demonstrar isso. O unico refugio que tenho atualmente é a igreja, mas sou muito isolado com os jovens de lá, quando vou na igreja fico sozinho no meu lugar enquanto eles se reunem para conversar. Queria ser igual eles, mas não consigo. Queria desabafar com alguem de meu convivio seja os familiares ou o ministério da igreja, mas não tenho coragem, porque conheço muito bem os membros da minha igreja e sei que são muito contra isso e podem me levar a mal, eles são muito conservadores e eu tambem sou apesar de passar por isso. Mas quanto tive uma recaida e fui procurar pornografia gay na internet e acabei, juro que não sei como, achando esse blog e entrei, li os comentários e vi que não sou o unico que passo por isso. Minha fé começou a aumentar e vejo que ainda há salvação para mim. Vou tentar mudar minha vida, tentar fazer amizades com os jovens da igreja e esquecer que sinto atração por homens, quem sabe não arrumo até uma esposa? Eu sei que não vai ser uma caminhada facil e que vou ter recaidas durante esse trajeto, mas se tropeçar, firmo meus passos e continuo em frente pois sei que vou ter um premio quando chegar no final da minha caminhada. E quando alguem falar para mim que sou um exemplo de cristão não terei mais vergonha e sim alegria de saber que eu sirvo de modelo para outras pessoas. Orem por mim para que consiga alcançar esse meu objetivo e ser vitorioso.

L disse...

Amigo anônimo ^ te entendo muito bem, temos muito em comum, vamos vencer isso.

Anônimo disse...

Nao sei dizer o que é pior, eu li a maioria dos caso comentados acima, e sabe... eu tenho 19 anos, sou membro de uma igreja que reprime o homossexualismo e sabe eu não tenho nada contra, e semlre tive amigos homossexuais tanto homens quanto mulheres, me afastei da maioria quando entrei na igreja, e qntes nunca tive esse problema...

Anônimo disse...

E sabe... eu não sei como exatamente aconteceu mas quanto me dei por conta eu estava apaixonado pelo meu melhor amigo, eu levei muito tempo pra aceitar isso, e nao posso co tar pra ele, tenho medo de perder essa amizade que é muito importante pra mim, eu amo ele como um irmão pra mim, mas não consigo evitar de pensar nele o tempo todo, isso é torturante, só de sentir o cheiro dele me faz reagir, fico todo bugado, só de ouvir o nome dele, e quando ouço a voz dele meu coração acelera, as vezes posamos juntos assistindo filmes, series ou jogando, e eu sinto muita vontade de abraçar ele de olhar nos olhos e dizer o que eu sinto, mas ao mesmo tempo eu nao posso, eu nao quero isso pra minha vida, e tento de tudo, ja tentei de tudo pra mudar mas ele é o meu ponto fraco, ao meu ponto de vista ele é perfeito, lindo, talentoso, digamos que seria na medida certa pra mim, mas isso não vai acontecer, sabe eu me sinto muito mal as vezes sinto muita vontade de chorar e choro quando to sozinho, e quando ouço ele falando sobre as muitas namoradas que ele tem a todo momento eu sinto um grande aperto no meu peito, acho que sinto muito ciumes ao pensar quando vejo que qualquer mininha por aí só por ser do sexo feminino tem a chance de ter o meu mundo inteiro nas mão, e isso me faz sentir-me tão inferior, na minha mente eu ouço "eu quero ele, eu quero muito ele pra mim" e quando estou cabisbaixo as pessoas vem falar comigo dizem que independente do problemas que eu estiver passando tudo vai ficar bem, que Deus tem um plano pra todos e que no fim seremos felizes, mas se realmente eu sigo a Deus então eu sou um pecador, sujo por ter esse tipo de sentimento, mas não é como se eu quisesse pois eu faço de tudo pra me livrar disso, eu penso em suicidio todas as noites, sei que isso seria pura egoismo mas no silencio da noite me vem a voz dele na mente e lembrança dele, do rosto dele, e quando estamos juntos me sinto invencível, mas quando estou longe caio aos pedaços... peço a Deus todas as noites pra que tire a minha vida, parque eu sou covarde demais pra fazer isso, porque eu só quero que esse sofrimento acabe, porque eu não aguento mais, todos os dias acordar, ver quem eu mais amo ali, com outras pessoas, sentindo aquele ciume, aquele medo de perder, aquela vontade de querer e não poder tê-lo, e sinceramente isso tem me deixado louco

Maxson Pereira disse...

Tenho um grupo no whatsapp de jovens nesta situação e que desejam sair desta vida 084 9 8605-7265

Anônimo disse...

Oi! Por acaso você ainda tem esse grupo? Gostaria de entrar nele...